19 de janeiro de 2011

De olho no lanche da criançada!!!



Na hora de escolher os alimentos que irão compor a lancheira das crianças para irem à escola, é preciso usar a criatividade para que o lanche seja gostoso, atrativo e de preferência variado; para assim, fornecer a energia e os nutrientes que tanto precisam nessa fase de crescimento e desenvolvimento físico e mental. Uma alimentação adequada é essencial para suprir essas necessidades, garantir um bom desempenho escolar e cuidar da saúde.
Montar uma lancheira saudável, embora pareça simples, não é tarefa fácil! Ainda mais que o grande atrativo das crianças e adolescentes na hora do recreio, além das brincadeiras com os amigos; é a cantina da escola.
Nas cantinas; a maioria das opções leva nota baixa quando o assunto é saúde: alimentos industrializados prontos para consumo, ricos em conservantes, açúcar, gordura, sal; além dos salgados, enrolados e empanados, balas, sorvetes, hambúrgueres e refrigerantes!
Com o crescimento da obesidade e diabetes na infância, como conseqüência do abuso de alimentos com alto teor de açúcar e gordura; é preciso ficar de olho no que as crianças e adolescentes comem quando estão na escola. O fundamental, é que a educação do que comer venha de casa, para que isso aconteça siga as dicas de trocas inteligentes.

Como montar uma lancheira saudável:
A lancheira ou lanche do seu filho deve ter pelo menos um alimento fonte de cada grupo alimentar, levando em consideração as opções mais saudáveis:

- um alimento energético como pão integral (ou preto, sueco, sírio, francês, bisnaguinha), biscoitos integrais salgados ou doces (sem recheios e coberturas), barra de cereais, bolos simples feitos em casa e cereais matinais à base de milho (aveia ou arroz) e geléia de frutas.
São os alimentos fonte de carboidrato, que fornecem glicose, a principal fonte de energia para o bom desempenho físico e o trabalho cerebral.

- um alimento construtor como iogurte desnatado, achocolatado, queijo branco ou pasteurizado, peito de peru, chester, leite semi desnatado, leite fermentado, iogurte com frutas, achocolatado, requeijão, petit-suisse, ovo cozido e atum conservado em água.
Os alimentos construtores são ricos em proteínas, cálcio e ferro, nutrientes essenciais para o crescimento e desenvolvimento adequados.

- um alimento regulador como frutas frescas ou secas, sucos naturais, de polpa ou de soja, água de coco, vegetais (pepino, cenoura, tomate), purê ou papa de frutas. Eles que fornecem fibras, vitaminas e minerais que regulam todo o funcionamento do organismo e previnem doenças.
O lanche completo e saudável, portanto deve ter: um produto lácteo, um produto de panificação e uma opção de fruta (ou suco).

Lembre-se que tornar os alimentos atrativos, dosar as guloseimas e variar o cardápio pode ajudar a despertar a expectativa de novos sabores na lancheira dos pequenos e o lanche dos já crescidos.

artigo copiado do site: http://bbel.uol.com.br/artigo/nutricao/lancheira_saudavel.aspx

0 comentários: